“We have a moment now, while we sit on collective pause, to regroup what we’d like our lives to look like and to connect the dots between our ideal lifestyle and the top choices for the best places to think about spending time and money overseas.”

Watch the full article


A “atitude aberta em relação aos estrangeiros”, a “sociedade livre de divisões criadas pelo populismo” e o “esquema de residência que oferece isenções de impostos a profissionais qualificados” fazem de Portugal um paraíso para a emigração, afirmou o Financial Times num artigo de análise publicado no passado dia 8 de Agosto.

Segundo o jornal, a taxa de criminalidade portuguesa — a mais baixa entre os países da União Europeia — é um dos trunfos nacionais para convencer estrangeiros a mudarem-se para cá.É uma simbiose, sugere o Financial Times. Para os investidores, “numa era de políticas cada vez mais discordantes, a paz social percebida pelo país é vista como uma vantagem competitiva em comparação com o seu ambiente de negócios, força de trabalho qualificada e qualidade de vida atraente”.

Ou seja, mesmo tendo em conta a modesta posição portuguesa nos rankings económicos no Fórum Económico Mundial, os imigrantes escolhem Portugal pelo estilo de vida que se tem por cá. É que, de acordo com o Índice de Paz Global, o país subiu na tabela e é já o terceiro país mais pacífico do mundo, apenas ultrapassado pela Islândia e Nova Zelândia.

veja o artigo aqui


Com sua arquitetura manuelina, fado, verdejante e povoado por vinhedos, costas selvagens banhadas pelo Atlântico, leva apenas algumas horas para chegar de Paris, o destino das estrelas. Ruelas coloridas do Porto e  as sublimes praias do Algarve, a Vogue.fr viaja este país com um charme desarmante e revela os seus melhores endereços por região. Tantas razões para dar um passeio neste verão …

veja o artigo aqui

 


A lista dos melhores países para fazer negócios da Forbes Magazine coloca Portugal como uma melhor localização para realizar negócios que a Alemanha (21º), os Estados Unidos (23º),  a França (26º) e a Espanha (29º). Os países Nórdicos lideram a lista.

[Portuguese, Portugal]

Veja a lista completa